Passar para o Conteúdo Principal

Logotipo Centro de Arte Graça Morais

EDUARDO SOUTO DE MOURA

PROPORÇÃO E DESÍGNIO

18 Fev '17 a 28 Mai '17
Centro de arte cont gra a morais 1 980 2500

 

A partir das obras de Eduardo Souto de Moura: a Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais, o Estádio Municipal de Braga, a Pousada de Santa Maria do Bouro, o edifício Burgo, no Porto, e o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, em Bragança, entre outras, comparam-se esquissos com fotografias evidenciando a coerência entre a conceção e a construção do objeto arquitetónico.
Esta exposição é uma viagem entre o antes da obra e a sua imagem construída, entre a proporção da invenção e o desígnio da matéria. Eduardo Souto de Moura pensa com o desenho, inventa com o desenho, e a precisão dos esquissos confirma-se nas fotografias das obras feitas. O que parece aqui simples e próximo é na realidade um processo longo, feito de muito ofício, cuidado com a proporção e a medida, e capacidade de materializar com detalhe a forma imaginada. Estes desenhos são ainda evidencia que a tradição do pensamento da mão cultivada por Álvaro Siza e Fernando Távora permanece nesta idade de tecnologias da informação.

Curadoria: Joaquim Portela e António Queirós
Texto: Joaquim Moreno e Pedro Bandeira
Colaboração: Marta Rocha, Filipa Roque, Jorge Almeida
Agradecimentos: Maria Luísa Souto Moura