Passar para o Conteúdo Principal

CASA DE ESPANTO

29 Out '16 a 05 Fev '17
Anajotta  culturgest 1 980 2500

 

Casa de Espanto é a segunda de um ciclo de três exposições que partilham uma mesma estrutura e um mesmo objetivo. Partindo de uma seleção de peças de arte contemporânea da Coleção da Caixa Geral de Depósitos, estas exposições apresentam obras inéditas de um artista convidado e artefactos provenientes dos espólios de cultura material das regiões anfitriãs. Através desta teia de encontros pretende-se não só confrontar as obras da Coleção da CGD com objetos de outros universos e de outras idades, mas, sobretudo, criar condições para uma experiência artística muito menos interessada na função educativa e informativa da arte do que nas suas valências simbólica, litúrgica, ou mesmo gregária.
Para esta segunda incursão no território do espanto e das suas constelações, contamos com um conjunto de novas peças de Renato Ferrão (Vila Nova de Famalicão, 1975), nas quais a interação da fotografia projetada com dispositivos mecânicos e jogos de luz nos devolve imagens espectrais, como fantasmas, incertas na sua estaticidade, dúbias no seu conteúdo. A estas obras juntam-se ainda artefactos de uma região cujos rituais cristãos e pagãos nos legam um património material absolutamente ímpar. Da reunião de todos estes objetos esperamos ver surgir diálogos e contrastes, esperamos assistir ao despontar de uma tensão produtiva e desafiante, que facilite a imersão do espectador no espaço de desconcerto e intensidade de uma Casa de Espanto.

Curadoria: Bruno Marchand
Artista convidado: Renato Ferrão
Coprodução: Fundação Caixa Geral de Depósitos – Culturgest / Município de Bragança / Centro de Arte Contemporânea Graça Morais
Colaboração: Museu do Abade de Baçal / Museu Militar de Bragança / Museu Etnográfico Dr. Belarmino Afonso