Passar para o Conteúdo Principal

SARILHO : INSTALAÇÃO

13 Abr '13 a 07 Jun '13
14 1 980 2500

Olhar o local, homenageá-lo citando-o, volta a ser o ponto de partida para intervir artisticamente num espaço que lhe servirá de invólucro. A comunidade e a região — ensarilhadas — invadem o museu e subtraem-lhe a ordem. A contaminação viral fragmenta os volumes aturadamente planeados e constrói novos corpos, biomórficos e permeáveis.

As linhas que alimentam o tecido evocam agora costumes de manufatura, mãos urdideiras ensarilham a matéria que no caos se faz estrutura. São essas as linhas de output deambulantes na instalação dos 4Pontos — o artifício no edifício na arte.

Biografia
O grupo 4Pontos iniciou a sua atividade em Dezembro de 2008 com uma instalação no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, em Bragança, explorando os conceitos de mimesis, de espaço, de natureza, de (des)contexto, envolvência e estrutura, tendo em 2009 apresentado na 9.ª edição do Festival Imaginarius uma outra obra que mantinha a exploração formal de referentes naturais e as suas relações com os materiais e o ambiente urbanos. A utilização de tubos de PVC enquanto material construtivo surgiu no ano de 2011 com a peça IPP PVC 10 63x0.25 ANOS, criada aquando da comemoração do aniversário do Instituto Politécnico do Porto — Elipse da Duração, no Palacete Pinto Leite. Alguns meses depois o grupo foi novamente selecionado para criação de uma obra de arte pública na 12.ª edição do Festival Imaginarius. O coletivo voltou então a perscrutar o espaço do evento, sublinhando os seus caminhos e a imersão pública na arte. O objeto escultórico edificado em tubos de PVC persistia na ostentação de elementos simples mas fortalecidos pela união, estendendo teias entre superfícies, entre espaços e indivíduos. A malha enquanto estrutura apropriou-se das margens de um ribeiro, estabelecendo conexões, procurando diálogos.

4Pontos:
Carlos Casimiro Costa I Jacinta Costa I Ricardo Gonçalves I Sara Bento Botelho