Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Youtube adicionar aos favoritos RSS Partilhar imprimir

Logotipo Centro de Arte Graça Morais

LUÍS MELO

2010/01/16 a 2010/03/30
Lui s melo 1 980 2500

 

Dono de um traço apurado, Luís Melo insere-se no grupo de artistas que, de um modo consciente, procurou, numa abordagem contemporânea, explorar as inesgotáveis potencialidades da pintura, cujos referentes resgata ostensivamente à história, à literatura, à fotografia, ao cinema e até à moda.

Os planos de fundo, em particular nas telas de maior dimensão, são dominados por rostos depurados, contidos, como se neles buscasse, como ideário, a perfeição plástica de simetrias, contornos e, paradoxalmente, a inexpressividade. A cada olhar, cuja escala amplifica, sobrepõe um outro plano, para o qual contribui uma tipificada panóplia de códigos e signos, que, quase sempre, acarretam densas cargas metafóricas.

Como forma de se libertar das restrições da superfície da tela, em busca da textura e do volume, à pintura alia a incorporação de múltiplos materiais e objectos como poemas, fotografias ou composições numéricas, conferindo-lhe, por vezes, densidade cubicar, elevando assim a pintura à categoria objectual.

Centrada no seu trabalho mais recente, a presente exposição congrega obras de distintas fases da sua carreira, permitindo o confronto estilístico entre algumas das marcas recorrentes do seu alfabeto primário com imagens recentemente retomadas ou reinterpretadas.

Comissário: Jorge da Costa / José Alberto
Produção: Câmara Municipal de Bragança / Centro de Arte Contemporânea Graça Morais

img_2100
img_2042
img_2120_1
dsc02484
p2210109
img_2611
img_2614
img_2010