Passar para o Conteúdo Principal
Facebook Youtube adicionar aos favoritos RSS Partilhar imprimir

Logotipo Centro de Arte Graça Morais

JOÃO CUTILEIRO

ESCULTURA, DESENHO E FOTOGRAFIA

2009/10/24 a 2010/01/10
Joa o cutileiro 1 980 2500
A fotografia, como o desenho, expressão menos divulgada da obra de João Cutileiro, surge cedo na carreira de um escultor para quem a procura de meios capazes de acelerar o resultado do processo criativo, principalmente no campo da escultura, foi evidente.

Apresentadas pela primeira vez em 1961, na SNBA, e, como na presente exposição, juntamente com trabalhos de escultura e desenho, as fotografias de Cutileiro, retratos espontâneos de uma geração, reflectem uma dimensão profundamente intimista, invadindo muitas vezes a esfera do privado.

Como na fotografia, análoga urgência parece impor aos seus desenhos, citações evocativas de mestres da pintura ocidental, traçadas com imediatismo gestual sobre folhas de papel ou em placas de diorito negro, aproximando assim o desenho da escultura. No entanto, a sua escultura, em cuja gramática viria a operar grandes transformações, sempre dispensou o desenho prévio.

Cutileiro refuta o planificado e a obra surge, quase sempre, do trabalho experimental e directo com os blocos de mármore, matéria-prima de excelência da sua expressão maior, a que se dedicaria, como chegou a referir, de “uma forma quase cósmica com a descoberta das máquinas abrasivas de alta velocidade”.

Comissários: Jorge da Costa / José Alberto
Produção: Câmara Municipal de Bragança / Centro de Arte Contemporânea Graça Morais

dsc01828
dsc01857
dsc01833
dsc02131
dsc02130
dscn6040